Serviço de bordo tem produtos com preços nas alturas

Desde o mês passado, passageiros da Webjet não precisam mais pagar R$ 3 por um copo d’água. Alegando ter aceitado sugestões de seus clientes, a companhia aérea suspendeu a cobrança. Todo o resto (como refrigerante e petiscos) continua sendo cobrado. Outra empresa que fatura com serviço de bordo é a Gol, que tem um cardápio pago com sanduíches, bebidas, acompanhamentos e energéticos.

Como não há concorrência no ar, as companhias fixam preços nas alturas. Uma massa instantânea, por exemplo, chega a custar 282% mais no avião (na Webjet é vendida por R$ 8 e no supermercado, por R$ 2,09). Um achocolatado custa em terra R$ 1,39. Na aeronave, é oferecido por até R$ 5.

Normalmente, a Gol distribui gratuitamente água, refrigerante, suco e barrinhas de cereais. Nos voos onde o serviço cobrado já foi implementado, a empresa oferece apenas água. O resto é pago. A TAM, a Azul e a Avianca afirmaram que não cobram nada pelo serviço de bordo. Tudo é oferecido de graça aos passageiros.

Fonte Jornal Extra Online, leia mais em http://extra.globo.com/noticias/economia/servico-de-bordo-tem-produtos-com-precos-nas-alturas-6292870.html
 

Compartilhe

Participe

Carregando...

Buscar

Compartilhe