Clientes da Oi reclamam que telefones fixo e celular não funcionam

Ligações não completadas, telefone mudo e dificuldades para falar com a central de atendimento. Esses são alguns dos problemas enfrentados por parte dos assinantes da operadora Oi. Segundo eles, a situação piorou no fim do ano passado. Procurada pelo EXTRA, a empresa informou que a falta de energia em alguns pontos do estado tem impedido o perfeito fornecimento de seus serviços.

Apesar de serem queixas comuns, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determina que o prazo para a solução de problemas relacionados à telefonia fixa é de 48 horas para clientes residenciais e de 24 horas para comerciais. Para a telefonia móvel, são cinco dias úteis.

Depois de notar que o Oi Fixo e a internet Velox não funcionavam, o funcionário público Oziel dos Santos, de 49 anos, entrou em contato com a empresa e enfrentou diversos obstáculos.

— Ninguém passava uma informação correta. Pedi o cancelamento da linha e, depois, a anulação do pedido. Isso em menos de 24 horas. No fim das contas, cancelaram a linha sem a minha autorização — contou.

A solução só chegou após três semanas. Oziel diz que, quando receber a cobrança da instalação da nova linha, irá procurar a Justiça.

Maria Inês Dolci, coordenadora da ProTeste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), afirma que, passado o prazo de 48 horas, o cliente tem duas alternativas: buscar os órgãos de defesa do consumidor ou um Juizado Especial Cível:

— As empresas de telefonia são as que mais recebem reclamações, e a Oi é a líder.

Light contesta

Por meio de nota, a Light informou que aguarda um contato da operadora Oi "para saber as localidades que, supostamente, tiveram o fornecimento de energia interrompido", como alegado.

Fonte: Jornal EXTRA ONline, Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/clientes-da-oi-reclamam-que-telefones-fixo-celular-nao-funcionam-7202791.html
 

Compartilhe

Participe

Carregando...

Buscar

Compartilhe