Órgãos se defendem das críticas de Cidinha.

Deputada diz que terá dificuldades para cumprir metas de melhorias nos serviços públicos.

Rio -  A nova secretária estadual de Defesa do Consumidor, Cidinha Campos, vai ter dificuldade para cumprir as metas de melhorias nos serviços públicos, como prometeu em entrevista exclusiva ao DIA.

Na tarde desta sexta-feira, um trem da Supervia descarrilou na altura de Engenho Novo, e os passageiros precisaram descer nos trilhos, situação questionada por Cidinha, que também reclamou da demora para atendimento nos bancos, a falta d’água e de garis da Comlurb no Carnaval.

Em resposta às queixas, o presidente da Comlurb, Vinicius Roriz, não polemizou com Cidinha, que pediu a demissão dele, mas admitiu falha: “O número de garis foi insuficiente pois aumentou muito o de foliões, o que não contávamos”.

A Federação Brasileira de Bancos diz que os clientes devem se queixar na agência, que precisa cumprir o tempo máximo de 30 minutos na fila em dia de pico. Lei estadual estabelece metade desse prazo. O MetrôRio disse que vai apresentar investimentos para Cidinha Campos.

Fonte:Jornal O Dia.

Compartilhe

Participe

Carregando...

Buscar

Compartilhe