No Rio, empresas de telefonia são as mais reclamadas no consumidor.gov.br.

O Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro divulgou o balanço dos três meses de operação do portal consumidor.gov.br, plataforma digital de intermediação de conflitos entre consumidores e fornecedores administrado pela Defensoria. Os números mostraram que as empresas de telefonia estão no topo do ranking de reclamações. Destas, a Oi Fixo foi a mais citada, com 234 postagens. Em seguida vem a Vivo Telefônica, com 101, e a Tim, com 87.

“Essa é mais uma excelente iniciativa que visa empoderar o consumidor para que ele possa buscar a solução de seus conflitos diretamente com as empresas e fornecedores, nós, enquanto gestores, apenas monitoramos as respostas dadas aos consumidores bem como avaliamos casos em que é possível ao fornecedor recusar as reclamações que ferirem os Termos de Uso, tudo de forma muito transparente", avalia Larissa Davidovich, coordenadora do Nudecon.

Para a defensora pública, o consumidor.gov.br é uma área que permite resolver conflitos extrajudicialmente, o que pode evitar um grande número de ações judiciais. Ainda de acordo com ela, as empresas devem usar o site para identificar possíveis pontos que precisem de mais investimentos para melhorar a qualidade dos serviços prestados aos consumidores.

“O sistema é transparente, prático e oferece a oportunidade de o consumidor acompanhar todo o andamento pela internet e, ao final, avaliar o fornecedor reclamado, aplicando uma nota de 1 a 5. O consumidor.gov.br é uma inovação que promete revolucionar as relações entre consumidores e fornecedores”, conclui Larissa Davidovich.

A plataforma, lançada em 30 de junho deste ano, já registrou, apenas no Estado do Rio, 1.200 reclamações, das quais 529 foram finalizadas com sucesso. Para a o Nudecon, o desempenho das organizações reclamadas no site pode ser considerado satisfatório. E os consumidores podem acompanhar pelo site os índices de resolução de problemas. Nestes três meses de operação, 71 empresas do estado do Rio aderiram ao sistema.

Publicidade

O QUE DIZEM AS EMPRESAS

Em nota, a Tim disse acreditar "que iniciativas que contribuam para a melhoria da relação entre consumidores e empresas são sempre benéficas" e que, por isso, "aderiu de forma voluntária ao Portal Consumidor.gov". Segundo a operadora, ela "está acompanhando as reclamações que chegam ao portal e trabalha para reduzir as queixas no Rio de Janeiro e em todo o Brasil".

Procuradas, a Oi e a Vivo ainda não se posicionaram

Fonte:Jornal O Globo.com.br
 

Compartilhe

Participe

Carregando...

Buscar

Compartilhe